Avançar para o conteúdo principal

Mensagens

Apresentados

Estendais

Todos os dias, 3 estendais. Todos os dias, 20 cigarros. Cigarros e baforadas de fumo para espantar o desanimo de lavar, estender, apanhar, passar, arrumar e voltar a lavar.
20 cigarros, dos mais fininhos. Hábito que ficou desse tempo sem roupa. E de quando desdenhava das farpelas a corar, para brunir e para cerzir. Era outro o seu vocabulário, só conhecido entre frequentadores assíduos, esfaimados e desertos. Sedentos de garrafas e de convidadas, esquecidos das camisas engomadas e penduradas, do odor e da brancura das fraldas depois do ferro quente e do vinco perfeito nas calças.Era outra a terminologia que conhecia. Só a de ser disputada, só a de desprezar quem permanecia a lavar, a estender, a apanhar, a passar, a arrumar e a voltar a lavar.
Todos os dias 3 estendais onde estende o silêncio, ainda as nódoas de sopa nos babetes, a cinza que por vezes cai sem querer e as horas que chegam para os ir buscar à escola. Fica sem tempo de banho, de amaciador no cabelo, de roupa lavada. Porque…

Mensagens mais recentes

A perna esquerda de Tchaikovski

A amiga genial

Pó de carvão

Dou-te os meus pés

Tábua rasa

Leiloado

Inevitável

Pressa

Vendaval

Fôlego…Sem fôlego.